Seguidores

TRADUTOR

terça-feira, 23 de março de 2010

VIDA E ORAÇÃO A SÃO DOMINGOS SÁVIO


(5 DE MARÇO)

ORAÇÃO A SÃO DOMINGOS SÁVIO (1)

Ó amável são Domingos Sávio, que em vossa breve vida de adolescente, fostes admirável exemplo de virtudes cristãs, ensinai-nos a amar a Jesus com vosso fervor, à Virgem Santa com vossa pureza, às almas com vosso zelo; fazei ainda que, imitando-Vos no propósito de tornarmo-nos santos, saibamos, como Vós, preferir a morte ao pecado, para poder-Vos encontrar na eterna felicidade do céu.

Que Assim Seja.

ORAÇÃO A SÃO DOMINGOS SÁVIO (2)

Suplico-vos glorioso São Domingos Sávio, pela vossa admirável pureza.
Que me dê o desejo de vos imitar nessas angélicas virtudes, vencendo em todas as ocasiões, de modo que eu as conserve invioladas até me unir convosco na celeste bem-aventurança prometida aos inocentes e limpos de coração.

Que Assim Seja.

ORAÇÃO A SÃO DOMINGOS SÁVIO (3)

O Deus, fonte e doador de todo bem, que, em são Domingos Sávio, destes aos adolescentes
um exemplo admirável de piedade e de pureza, concedei-nos, também a nós, crescer como filhos, na alegria e no amor até a plenitude de Cristo.
Que é Deus convosco, na unidade do Espírito Santo.
Ou, para a comunidade religiosa: Senhor, Deus da vida e da alegria, que destes à Igreja São Domingos Sávio como modelo de santidade juvenil, concedei aos jovens crescer como ele na pureza e no amor; e a nós, educadores, saber conduzi-los a Cristo, para que se comprometam no serviço do vosso reino.
Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Que Assim Seja.

ORAÇÃO A SÃO DOMINGOS SÁVIO (4)

Ó glorioso e santo Menino, tu, que por inspiração da Virgem Imaculada levaste à tua mãe imediato alívio às suas dores, por meio de uma misteriosa fita que lhe colocaste ao pescoço, atende ao ardente desejo desta tua devota, que humildemente recorre à tua intercessão.
Alcança-me da Virgem Maria, Mãe de Jesus, a graça da conservação da prole que por mercê de Deus alcancei. Assiste-me no perigo instante, para que, auxiliada pela tua intercessão, possa, cheia de alegria, render a Deus e à sua Mãe Santíssima infinitas graças.
Desde já coloco sob tua valiosa proteção a criatura que Deus me deu.
Alcança-me a graça de vê-la crescer no santo temor de Deus, para que, conhecendo-o e servindo-o durante a vida, possa, juntamente com os demais de sua família, gozá-lo para sempre no céu.

Que Assim Seja.

VIDA DE SÃO DOMINGOS SÁVIO

São Domingos Sávio nasceu em Riva de Chieri, Itália, em 2 de abril de 1842, era filho de um ferreiro e uma costureira. Sua receita de fé era simples, pregava a execução com os deveres da Igreja, a submissão a Deus e a dedicação de amor ao próximo. Esta formula já era fruto de uma frase sua, dita no ato de sua primeira comunhão, quando tinha apenas sete anos: "ANTES MORRER DO QUE PECAR". Essa idéia o seguiu até o final de sua vida.

São Domingos Sávio, foi aluno de Dom Bosco e um dos primeiros colaboradores na obra salesiana, cumpriu seus deveres dedicando-se ao serviço do próximo com zelo e despojamento de si, desejando ardentemente a santidade de vida.

Uma das mais belas passagens da vida desse pequeno gigante da fé foi com apenas 10 anos de idade, quando se responsabilizou por um erro cometido por um colega seu. Quando o delito foi descoberto, causou espanto à maioria dos professores que o conheciam, e quando questionado o porquê havia encoberto o erro de seu colega ele respondeu que, como seu amigo já tinha vários precedentes e com mais aquele seria expulso da escola, ele preferia assumir a culpa, já que sobre ele não havia outras acusações.

Com essa atitude, ele desejava garantir a possibilidade de recuperação do outro jovem que, certamente, ao lado de Dom Bosco poderia ser conseguida e consolidada.

São Domingos Sávio morreu em Mondônio, no dia 09 de março de 1857 e Dom Bosco relata a morte deste menino comparando-o a um pássaro que voa para o céu. Estava ele doente na casa do pai, quando disse: "Querido pai, chegou a hora. Pegue no Jovem cristão (livro de orações) e leia a ladainha da boa morte... "Domingos repetia com voz clara e distinta todas as palavras... Pareceu conciliar o sono. Pouco depois despertando disse: - Adeus, pai, adeus! Oh! Que coisas tão lindas estou vendo! E morreu tranqüilamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJAM BEM VINDOS SEU COMENTÁRIO É UM INCENTIVO E CARINHO