Seguidores

TRADUTOR

sábado, 15 de abril de 2017

VIDA E ORAÇÃO DE SÃO VICENTE O MÁRTIR

22/01


São Vicente é um dos três grandes diáconos que deram sua vida por Cristo. Junto com Lourenço e Estevão Corona, Laurel e Vitória forma o mais insigne triunvirato.

Este mártir celebrado por toda a Cristandade, foi exaltado em discurso público por 
Santo Agostinho, São Leão Magno e Santo Ambrósio.

Vicente descendia de uma família consular de Huesca, e sua mãe, segundo alguns, era irmã do mártir São Lourenço. Estudou a carreira eclesiástica em Zaragoza, ao lado do bispo Valero, que por sua falta de facilidade de expressão, o nomeou primeiro diácono para supri-lo na sagrada cátedra.

Paralelamente, o imperador Diocleciano havia decretado uma das mais cruéis perseguições contra a Igreja, que foi aplicado por Daciano na Espanha. Os cárceres, que estavam reservados antes para os delinquentes comuns, logo se encheram de bispos, presbíteros e diáconos.

Ao passar Daciano por Barcelona, sacrifica São Cucufate e a menina Santa Eulália. Quando chega a Zaragoza, manda deter o bispo e seu diácono, Valero e Vicente, e transferidos para Valência. Ali ocorreu o primeiro interrogatório.
Vicente responde pelos dois, devido ao problema de fala de Valero, intrépido e com palavra ardorosa.

Daciano se irrita, manda Valero ao desterro, e Vicente é submetido à tortura do potro. Seu corpo é desgarrado com unhas metálicas. Enquanto o torturavam, o juiz intimava o mártir à abjuração.
Vicente rejeitava,indignado, tais oferecimentos. Daciano, desconcertado e humilhado perante aquela atitude, oferece-lhe o perdão se lhe entregasse os livros sagrados.

Mas a valentia do mártir é inexpugnável. Exasperado novamente o Prefeito, mandou aplicar-lhe o supremo tormento, colocá-lo sobre um leito de ferro incandescente. Nada pode abater a fortaleza do mártir que, recordando a seu amigo São Lourenço, sofre o tormento sem se queixar e gracejando entre as chamas.

 Atiraram-no então a um calabouço sinistro, escuro e fétido "um lugar mais negro que as próprias trevas", diz Prudêncio. Em seguida, fala Prudêncio de um coro de anjos, que vem consolar o mártir. Iluminam o antro horrível, cobrem o chão de flores e alegram as trevas com suas harmonias. Até o carcereiro, comovido, converte-se e confessa a Cristo.

Daciano manda curar o mártir para submetê-lo novamente aos tormentos. Os cristãos se apressam para curá-lo. Mas apenas colocado em um leito, deixa o tirano frustrado, pois o espírito vencedor de Vicente voa ao paraíso. Era o mês de janeiro de 304.

Daciano ordena mutilar o corpo e atirá-lo ao mar. Mas as ondas piedosas o devolvem à terra para proclamar perante o mundo Vicente o Invicto.

Certa viúva cristã chamada Jônica recebeu em sonhos, algum tempo depois, uma comunicação sobre o local onde se encontravam os restos mortais de São Vicente. Acompanhada de muitos cristãos, dirigiu-se a virtuosa anciã para o lugar indicado no sonho, encontrando lá a valiosa relíquia, que foi conduzida a uma pequena igreja. Terminada a perseguição religiosa, e havendo crescido muito a devoção dos fiéis para com o admirável mártir, seu corpo foi transladado para um altar fora das muralhas de Valência.
Seu culto estendeu-se rapidamente por toda a cristandade.

Algumas relíquias de São Vicente Mártir estão guardadas no altar principal da Basílica Matriz de Aparecida. As relíquias encontram-se na Igreja desde janeiro de 1910 e foram enviadas pela Santa Sé por causa da concessão do título de elevação à Basílica Menor, que ocorreu em 1908.


ORAÇÃO A SÃO VICENTE O MÁRTIR

CONTRA O VÍCIO

ORAÇÃO DE SÃO VICENTE MARTIR CONTRA OS VÍCIOS


Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Senhor Deus Omnipotente e Misericordioso, louvores Vos sejam dados por todos os séculos dos séculos. Assim seja.


Senhor meu, rogo-vos, com inteira fé em Vossa infinita misericórdia sede propício à intercessão do Bem aventurado S. Vicente Mártir em favor de vosso filho.................ou (pode pedir para si mesmo)


Bem aventurado S. Vicente Mártir que, pelos méritos do Santíssimo Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo, obtivestes o privilégio de afastar do mau caminho aqueles que se entregam aos vícios, peço-vos lançar o vosso bondoso olhar sobre ................... compadecendo-vos dos seus( ou meus) sofrimentos físicos e morais.


Suplico-Vos, glorioso S. Vicente Mártir, intercedei junto ao Altíssimo para que .............. abandone o vício, que o vicio não mais agrade, esquecendo-o, e nunca mais se (ou me) entregue a esse mal, que mata o corpo e a alma.


1 Credo, 1 Pai Nosso, 3 Ave Marias.
Em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo.


Que assim seja.
Na fé de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJAM BEM VINDOS SEU COMENTÁRIO É UM INCENTIVO E CARINHO